Diário do Golpe

Vereador de Ribeirão Pires multado em R$ 299 mil por desmatar terreno

Zé Nelson, considerado xerife da Quarta Divisão, não é dono da propriedade em Ribeirão Pires

O vereador de Ribeirão Pires, José Nelson de Barros (MDB), que em julho de 2017, foi preso por atropelar duas crianças no centro da cidade por estar possivelmente embriagado, foi multado em quase R$ 300 mil por desmatar um terreno da cidade. Mesmo não sendo dono da propriedade, José Nelson de Barros (MDB) vendia lotes do local para pessoas construírem casas. O parlamentar é conhecido popularmente como o “prefeito da 4a Divisão”, bairro afastado do centro da cidade.

No caso do terreno, assessores de Zé Nelson, o terreno não é dele, informação confirmada pelo Cartório de Registro de Imóveis de Ribeirão Pires.

Dessa vez, Zé Nelson recebeu multa de R$ 299 mil da própria Prefeitura da cidade em que ele é um dos representante da população no Legislativo. O vereador foi notificado por infração ambiental por ter desmatado mais de 12 árvores de um terreno na Rua Emília Amaral de Menezes, na Vila Bonita.

Para Felipe Magalhães, dirigente do PT da cidade, o vereador tem práticas conhecidas para manter o bairro como curral eleitoral. “Esse vereador usa laranjas em seus negócios, é dono da transportadora de ambulâncias  que está em nome de um amigo, é clientelista, é truculento e não gosta de dialogar. Ele mantém serviços para a população que não existem como vans para levar a farmácias, maquinas para abrir ruas, e por isso tem sete mandatos em sete partidos diferentes”, dispara.

Fonte: G1

Tags
Veja mais
Close