Galera Vermelha

PT Mauá pede impeachment do prefeito Atila Jacomussi nesta segunda

Prefeito continua na cadeia por suspeita de integrar Máfia da Merenda

O Partido dos Trabalhadores de Mauá vai protocolar nesta segunda-feira (14), na Câmara dos Vereadores de Mauá, pedido de impeachment contra o prefeito Atila Jacomussi (PSB), que teve a prisão preventiva decretada pelo TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e segue preso na superintendência regional da Polícia Federal, na Lapa, zona oeste da capital paulista.

A decisão foi aprovada pela Comissão Executiva do PT, em reunião realizada na tarde deste sábado (12). Segundo o documento que será entregue às 13h, no Legislativo Municipal, o motivo para a apreciação do afastamento definitivo do chefe do Executivo de suas funções se deve ao envolvimento no desvio de recursos da União que seriam destinados ao fornecimento da merenda escolar no município.

Atila e o secretário de Governo, João Gaspar (PCdoB), foram presos em flagrante pela Polícia Federal, na Operação Prato Feito. Em suas respectivas casas foram encontradas quantias em espécie nos valores de R$ 87 mil e R$ 588 mil.

Mobilização pela Liberdade de Lula – Também na manhã de sábado, movimentos sociais, sindicatos, entidades da sociedade civil e partidos políticos realizaram um Ato pela Democracia, no Centro de Mauá, pela liberdade de Lula e pelo impeachment do prefeito Atila Jacomussi.

Lideranças como o presidente estadual do PT-SP e pré-candidato ao Governo do Estado de São Paulo, Luiz Marinho; o vereador mauaense Marcelo Oliveira; o presidente municipal do PT Mauá, Junior Getúlio; o ex-vice prefeito de Mauá, Paulo Eugênio; ex-vereadores da cidade Zé Luiz Cassimiro e Rômulo Fernandes; o ex-prefeito de Diadema e pré-candidato a deputado federal, José de Filippi Jr; o vereador de Diadema, Josa Queiroz; o diretor do Sindipetro Unificado de SP e pré-candidato a deputado estadual, Alexandre Castilho, participaram da atividade e reafirmaram a pré-candidatura de Lula à presidência da república, bem como sua inocência.

A militância também relembrou o legado dos governos petistas no país e na cidade, ao citar as transformações sociais e econômicas que trouxeram melhorias, dignidade e ascensão social para a população. O grupo ainda pediu a saída de Atila Jacomussi pela incapacidade de governar o município e pelo envolvimento em episódio de corrupção.

Tags
Veja mais
Close