Diário do Golpe

Prefeito Atila Jacomussi de Mauá está detido na Polícia Federal

Prefeito e secretário Gaspar são suspeitos de atos de corrupção na merenda escolar

O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB) está detido no prédio da Policia Federal, na zona oeste da capital paulista, desde ontem quarta-feira (09) quando foi levado pelos agentes da PF que deflagraram a Operação Prato Feito. A ação investiga um esquema de favorecimentos a empresas para os serviços de merenda escolar em Mauá.

O prefeito Atila e seu braço direito, o secretário de Governo e de Transportes, João Gaspar foram detidos pelos policiais que encontraram em suas casas grandes somas em dinheiro sem justificativa de origem. Gaspar guardava escondido em um armário R$ 588 mil, enquanto Atila tinha R$ 87 mil. Por não saber explicar a origem da grande soma, Gaspar recebeu voz de prisão no mesmo momento da abordagem. Já Atila foi levado para prestar depoimento. Vale lembrar que na prestação de contas de Jacomussi à Justiça Eleitoral, quando ele foi candidato à Prefeitura, em 2016, o socialista declarou ter R$ 5.000 em espécie.

Segundo relatório de 354 páginas da delegada da PF Melissa Maximino Pastor, Gaspar teria participado em negociações de empresas que compõem um cartel nos serviços de merenda escolar, em Mauá, Peruíbe e São Sebastião em 2016, quando o prefeito mauaense exercia mandato de deputado estadual. Na ocasião, o secretário estava alocado no gabinete do socialista no Parlamento paulista.

Fonte: Repórter Diário

Tags
Veja mais
Close