Galera Vermelha

“O rei das fake news”: Bolsonaro propaga mais mentiras e é desmascarado novamente

Candidato fascista e reacionário adota o expediente de contar mil vezes uma mentira para torná-la verdade

O candidato à presidência da república, Jair Bolsonaro (PSL), mais uma vez apelou para as mentiras nesta reta final de campanha. Em vídeo gravado na manhã desta sexta-feira (26/10), o ex-capitão do Exército atacou o PT e o candidato Fernando Haddad, com mais inverdades e factóides, como vem sendo o seu expediente.

Bolsonaro voltou a falar de assuntos que já foram enquadrados na categoria Fake News. Confira:

*Kit-Gay

Bolsonaro insiste nesta história de criar um termo que nunca existiu. Inclusive, o TSE determinou a remoção de postagens no facebook e youtube em que Bolsonaro faz críticas ao livro “Aparelho Sexual e Cia”, ao afirmar que o material seria distribuído pelo Ministério da Educação – à época em que Haddad era ministro, em 2010 – nas escolas do país.

*Bíblia

Bolsonaro acusou Haddad de ter jogado no lixo, uma bíblia que recebeu de presente durante comício em Fortaleza (CE). Deputado estadual eleito André Fernandes (PSL-CE) encontrou uma bíblia no chão e fez um vídeo. Haddad justificou que a bíblia foi furtada (estava numa sacola) e um celular do seu assessor, também. Estranhamente, a bíblia foi encontrada no chão.

*Indulto a Lula

Bolsonaro também publica inverdades quando afirma que Haddad eleito concederia indulto ao ex-presidente Lula, ao assumir a presidência da república. Durante o primeiro turno, em entrevista à Rádio CBN e ao Portal G1, no dia 18 de setembro, o presidenciável Haddad destacou: “Não, não ao indulto”.

*WhatsApp

Bolsonaro tentou se eximir de responsabilidade sobre as denúncias do Jornal Folha de S.Paulo, em relação aos empresários terem realizado campanha ostensiva contra o PT e Haddad, por meio de mensagens em massa no aplicativo.

O Partido dos Trabalhadores entrou com ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra Bolsonaro e apenas pediu que o WhatsApp apresentasse um plano para evitar a disseminação de mensagens ofensivas no aplicativo.

*Lava Jato

Bolsonaro também ataca Haddad com mais uma mentira: disse que o petista acabará com a Operação Lava Jato. No entanto, essa afirmação é uma inverdade. Haddad disse que fortalecerá os mecanismos de combate à corrupção, como a Polícia Federal, Ministério Público e isso inclui, logicamente, a Lava Jato.

Tags
Veja mais
Close