Galera Vermelha

NOTA OFICIAL DA EXECUTIVA DO PT AMERICANA

Propostas para Americana no combate ao Covid-19

Sabemos que sempre houveram epidemias e pandemias e que com o tempo foram controladas com vacinas eficazes. Em alguns casos, promoveram o controle mas não totalmente a cura. Isso se deu pelo esforço contínuo de profissionais ligados a ciência e tecnologia.

Infelizmente, com a chegada do COVID-19, a busca da cura pode demorar por um período e em razão disso será necessário que fiquemos afastados socialmente por um tempo. Não sabemos ao certo por quanto tempo, mas temos que seguir fielmente as instruções de especialistas que entendem sobre o assunto. Não é momento para colocar a prova o que seria verdade ou mentira. Sabemos que muitas pessoas estão adoecendo no mundo todo e isso já basta como ensinamento. Cada vida ceifada não precisa ser colocada a prova da existência ou não de um vírus letal.

Por conta deste cenário, a Executiva do Partido dos Trabalhadores de Americana reuniu-se em conferência virtual sabendo que não poderia deixar de refletir e buscar alternativas para a situação que nossa cidade está vivenciando e, durante este diálogo, chegamos a proposta da realização de um documento para que pudesse ser entregue as instituições representativas da saúde e responsáveis também pelos trabalhadores e trabalhadoras de nossa cidade. Desta forma, poderíamos contribuir em um momento tão sensível e de tamanha gravidade que estamos enfrentando.

Esse momento é de união de forças. O combate ao coronavírus não tem partido político. Temos que simplesmente fazer o que é certo e seria uma irresponsabilidade desprezar a possibilidade de ofertar nossa parcela de apoio a essa situação tão complicada, pois é uma questão de saúde e vida.

As propostas que serão citadas não são inovadoras, mas podem colaborar para o enfrentamento de forma moderada da crise que mostra a se instalar na saúde de nossa cidade:

1. É necessário que as vacinas que serão fornecidas pelo Calendário Nacional possam ser aplicadas nas residências e em locais que não causem aglomeração de pessoas;

2. Outras cidades iniciaram a alternativa de entrega de alimentos da merenda aos pais de alunos por escola. É possível que se pense nessa dinâmica, pois sabemos que muitos alunos praticamente alimentam-se nas escolas. A comunicação poderia ser feita por informativos virtuais de onde seriam as entregas;

3. Nesse momento delicado, não cortar água de casas que não efetuarem o pagamento nesse período;

4. Criação de um canal de comunicação com o cidadão americanense através de um número de Whatsapp para que os cidadãos e cidadãs possam falar sobre seus problemas, especialmente em casos de estarem sem alimentos ou medicamentos. Será um canal de combate e orientação sobre a doença;

5. Ampliar o quantitativo dos profissionais da saúde, organizando um banco de dados de profissionais aposentados e desempregados que possam atuar, que pode, inclusive, ser organizado pelo Conselho Municipal da Saúde. Sabemos que ao menos 12% dos 28,5 mil infectados por coronavírus na Espanha são profissionais da saúde. Isso mostra a importância da emergência sanitária em uma área que será mais afetada;

6. Estender nos bairros o atendimento das UPAs até às 21h para desafogar o Hospital Municipal;

7. Possibilidade de financiar a compra de respiradores adicionais utilizando recursos municipais e, caso necessário, até com valor do AMERIPREV;

8. Criação de informes diários junto ao Gabinete de Crise;

9. Proposição de Câmaras Temáticas com profissionais para orientação;

10. Garantir o abastecimento de água e a disponibilização de álcool gel em todas as repartições públicas em funcionamento;

11. Incluir nas ações de combate ao coronavírus o atendimento de forma adequada às pessoas em situação de rua, seguindo as normas da vigilância sanitária;

12. Solicitação para que a iniciativa privada aceite atestado a fim de afastamento laboral pela vigilância epidemiológica, pois assim não será necessária a ida até o posto de saúde para atendimento médico, evitando a infecção do vírus em outras pessoas na Unidade;

13. Rever o horário de saída dos servidores públicos municipais, pois o horário das 17h às 18h é um horário de pico de saída, onde há um maior volume de usuários de transporte coletivo.

Hoje o país mostra em suas ações o quanto é importante o trabalho dos servidores que atuam na saúde. Demonstram com garra a defesa do bem-estar da nossa população. São merecedores de todo agradecimento e precisam também serem cuidados. É necessário ressaltar assim a importância grandiosa desses trabalhadores que até pouco tempo atrás, juntamente com os servidores públicos de outras pastas, foram considerados os culpados pela crise financeira do país pelo atual governo.

Executiva do PT Americana

Veja mais
Close