Diário do Golpe

No Pará bebês são torturados por pistoleiros

Ataques são frequentes desde posse de Michel Temer

No começo da semana, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) denunciou o ataque de homens armados a acampamento de trabalhadores rurais em São João do Araguaia, no Estado do Pará. Adultos e bebês foram vítimas de seção de tortura por quase uma hora por pistoleiros.

De acordo com a CPT, o grupo foi despejado em janeiro da fazenda Esperantina, de propriedade da siderúrgica Sidenorte. Sem ter para onde ir, decidiram acampar às margens do rio, a cerca de dez quilômetros da fazenda, quando foram atacados.

A violência no campo no governo Michel Temer ampliou em 2017, sendo este, considerado o ano mais violento desde 2003. De acordo com o levantamento anual da CPT, divulgado em abril, 70 assassinatos em conflitos foram registrados.

Fonte: Blog do Sakamoto

Tags
Veja mais
Close