Galera Vermelha

Marcolino participa de luta pela manutenção de direitos dos bancários

Dirigente luta contra a Reforma Trabalhista de Temer que vai tirar direitos da categoria

Na manhã desta sexta-feira (29), o Sindicato dos Bancários de SP iniciou a Campanha Nacional em Defesa dos Direitos dos bancos públicos e da categoria. O dirigente do Sindicato e pré-candidato a deputado estadual pelo PT, Luiz Cláudio Marcolino, participou da movimentação da categoria no centro de São Paulo.

Marcolino lembrou, durante o ato, das conquistas históricas da categoria e falou sobre a primeira campanha em tempos de Reforma Trabalhista, que busca tirar direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do sistema bancário. “Nós já vimos em algumas outras negociações os empresários tentando tirar direitos dos trabalhadores. Direitos que foram conquistados com muita luta, com muita organização e com muita mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras das campanhas passadas”, destacou.

A Federação dos Bancos (Fenaban) está se recusando a negociar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos bancários, a qual perde a validade em 31 de agosto deste ano. Sem um pré-acordo, todos os direitos previstos na CCT, que são conquistas históricas como jornada de seis horas, PLR, VA e VR, estabilidade pré-aposentadoria, entre outros direitos correm risco.

Esta situação é fruto da Reforma Trabalhista aprovada pelo governo golpista de Michel Temer  no Congresso Nacional.

Tags
Veja mais
Close