Diário do Golpe

Temer assume candidatura à Presidência

Ele tem até agosto para oficializar sua candidatura. Mas o anúncio da entrada de Temer no tabuleiro eleitoral, por si só, já modifica a distribuição das peças do jogo sucessório

O presidente da República, Michel Temer, está definitivamente decidido a defender seu legado e reputação na campanha eleitoral. A opção pela busca da reeleição é recente – “de um mês e meio para cá”, disse Temer em entrevista à revista “ISTOÉ”, no Palácio da Alvorada. Até então, ele vislumbrava um futuro diferente: tinha planejado voltar para casa, cuidar da família (da mulher Marcela e do filho caçula Michelzinho) deixando de vez a política. A mudança de opinião ocorreu diante da perspectiva de adversários políticos partirem à corrida eleitoral deste ano com o propósito de atacá-lo moralmente e desconstruir o que ele fez. Na entrevista, ele afirma que “no Brasil, sempre foi assim: quando um governo substitui outro, quer acabar com o que o governo anterior deixou”, afirma. Temer almeja outro destino para ele e para o País. No que chama de “legado”, lista conquistas como o teto de gastos, a reforma trabalhista, a queda dos juros e da inflação a níveis historicamente nunca alcançados e até a não aprovada reforma da previdência.

Fonte: Revista “ISTOÉ”

Tags
Veja mais
Close