Galera Vermelha

Governador Tião Viana entrega viaturas para as Polícias no Acre

Veículos reforçam os investimentos que o governo petista tem feito na segurança pública do Estado

As polícias Civil e Militar, junto com o Corpo de Bombeiros do Acre, receberam do governador Tião Viana (PT), na manhã desta terça-feira (03), 18 veículos. O investimento de R$ 2,1 milhões em viaturas vai fortalecer o trabalho das instituições. A solenidade aconteceu na sede da Secretaria de Estado de Polícia Civil, em Rio Branco.

Seis viaturas modelo Gol foram destinadas à Polícia Civil e 4 para a Polícia Militar, além de duas camionetes adaptadas para o Departamento da Polícia Técnico-Científica. Outros 6 veículos de modelos diferentes também foram distribuídos entre as duas polícias e o Corpo de Bombeiros.

Os investimentos são resultados de convênios de execução própria da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e de termos de cooperação junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT). Ainda, parte da aquisição dos veículos é resultado do envio de profissionais da segurança no Acre para atuação durante os Jogos Olímpicos, em 2016, mediante acordo com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A solenidade também foi marcada pela entrega de um equipamento de Raio-X ao Instituto Médico Legal (IML) e uma visita ao Laboratório de DNA Forense, com vistas ao fortalecimento do trabalho científico.

O governador Tião Viana relembrou o esforço que se tem feito para valorizar os operadores da segurança pública, como o fato de entre 2011 e 2018 o salário de policiais civis ter saltado do 23º para o 5º lugar dos melhores no ranking nacional. Situação semelhante também na PM, que tem agora um dos 5 melhores salários iniciais do Brasil. “A Segurança Pública representa uma luta de todos os dias, o Brasil vive uma guerra civil e precisamos de respostas da união de todos, já que o governo federal continua omisso à luta das fronteiras. Muito nos assusta a reação da criminalidade diante do nosso combate, por isso todos os dias precisamos resistir e buscar o entendimento acerca do tamanho do problema que representa o narcotráfico no país, pois o que nos distingue em meio à tudo isso é a nossa união pela vida e pela paz”, frisou.

Fonte: Agência de Notícias Acre

Tags
Veja mais
Close