Galera Vermelha

Gleisi Hoffmann denuncia pressa de Temer em entregar o Brasil

Ilegítimo e sem popularidade Temer tenta liquidar a fatura do golpe com custo a todos os brasileiros

A senadora e presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffman, participou de entrevista no Blog do Esmael onde denunciou a corrida contra o tempo de Temer em entregar o país. A pressa seria para tentar liquidar a fatura do golpe do impeachment de 2016, independente que isso gere prejuízo a todos os brasileiros.

Ainda na semana passada, a Câmara dos Deputados, votaram em urgência o projeto de lei que autoriza a venda de até 70% da área do pré-sal, correspondente à chamada “cessão onerosa”. As reservas que foram cedidas pela União à Petrobras, em 2010, para capitalizar a empresa seguem em venda para transferir as multinacionais um tesouro estimado em 15 bilhões de barris de óleo.

“A entrega de nossa maior riqueza aos interesses estrangeiros é mais um passo do governo golpista para reduzir o patrimônio da Petrobras, desta forma, facilitando sua privatização”, analisa Gleisi. O entreguismo da Petrobras por Pedro Parente segue em curso apesar de sua saída.

E a estratégia de votação em caráter de urgência da Petrobras, e a mesma que acontece com a BR Distribuidora, da Liquigás e do Gasoduto, que atualmente estão suspensas pela Justiça, e que tentam aplicar também na privatização da Eletrobrás.

“Sem legitimidade, sem autoridade política, sem projeto para o país, ou candidato capaz de ser aprovado em eleições, o governo corre para entregar a mercadoria prometida aos interesses econômicos, nacionais e estrangeiros, que sustentaram o impeachment de 2016”, e o enfrentamento a esse quadro será com Lula nas eleições, e eleito presidente, afirmou a senadora.

Tags
Veja mais
Close