Diário do Golpe

ENIO VERRI DEFENDE PROCESSO DE IMPEACHMENT DE BOLSONARO

Enio Verri (PT-PR) durante a sessão virtual que ocorreu na quinta-feira, 14, criticou a edição da medida provisória 966/2020, onde Jair Bolsonaro isenta servidores públicos de possíveis crimes praticados enquanto durar o período da pandemia no Brasil.

O deputado enfatizou que “Quem não está defendendo o povo brasileiro é o presidente da República […] que é incompetente, não faz nada e ainda quer se portar como vítima ou se proteger, com alguma base legal”.

Bolsonaro se mostra diferente de tudo aquilo que falou e fez o povo que votou nele acreditar, que ele era uma pessoa séria, responsável, competente e que iria cuidar do Brasil, Enio Verri declarou “Está na hora de discutirmos, com esses trinta pedidos de impeachment que aí estão, de avaliarmos se seriamente não devemos pedir o impeachment, e esperar que este País mude em outras mãos, porque nas de Bolsonaro não será possível”.

Enio ainda falou sobre o descaso com o aumento de mortes pela Covid-19, o auxílio emergencial e o meio ambiente, a falta de liberação de recursos e a polêmica entre Bolsonaro, Moro e a Polícia Federal. “Estamos pedindo o impeachment do presidente, não é porque queremos, não é porque achamos isso importante, e nem estamos felizes por isso, é porque se esse presidente continuar a dirigir o País, nós não vamos salvar o povo brasileiro. Eu tenho medo de pensar o que será este Brasil, logo após a pandemia, com Bolsonaro dirigindo o país. O que vai acontecer com a vida de cada um, de cada uma?”

Veja mais
Close