Galera Vermelha

Eduardo Leite afirma que com Temer aumentou a mortalidade infantil

Para petista, PEC do Teto prejudica o país, favorece capachos de Temer e enfraquece o SUS

O vereador de Santo André, Eduardo Leite (PT), que é pré-candidato a deputado federal, ressalta que estava na cara que o pior ia acontecer quando o golpista maior, Michel Temer, e seus capachos do Congresso aprovaram a chamada “PEC do Teto”. A medida congelou gastos públicos em saúde e educação por 20 anos.

Segundo o petista, as consequências dessa insanidade começam a surgir e afetam em cheio a qualidade de vida dos brasileiros. “É o caso da mortalidade infantil, por exemplo, que há quase três décadas estava sob controle no país. Isso mesmo, estava, pois dados do Ministério da Saúde, revelados essa semana, mostram uma quebra nesse histórico”, constatou.

Eduardo Leite lembrou ainda que a mortalidade infantil está associada a uma série de situações, entre elas saneamento básico, vacinação, segurança alimentar e atenção básica à saúde da criança.

Conforme apurado pelo UNICEF, que é o Fundo das Nações Unidas para a Infância, a maior parte dos óbitos se concentra no primeiro mês de vida, o que reforça a importância dos fatores ligados à gestação, ao parto e ao pós-parto. “O objetivo de Temer e sua corja de golpistas é claro: enfraquecer o SUS para beneficiar grandes empresas do setor. E esses dados comprovam que a atenção básica de saúde já está deficitária. E deve piorar”, garantiu.

Mas o parlamentar vai mais fundo nesta questão. Para ele, ao mesmo tempo que o governo golpista fere a dignidade das pessoas que dependem da saúde pública, atua na contramão concedendo benefícios e perdões milionários a muitos banqueiros e empresários que possuem enormes dívidas com o governo. ”Essa tem sido a linha de atuação dessa turma: demolir os direitos dos trabalhadores e das classes menos favorecidas para beneficiar os ricos. Precisamos dar um basta. Temer é a doença que contamina o nosso país. E o antídoto para tratar essa enfermidade é só um: seu voto”, finalizou.

Tags
Veja mais
Close