Diário do Golpe

Comprador do Triplex do Guarujá foi condenado por fraude ligada ao PSDB

Empresário montou empresa em cima da hora para arrematar imóvel gerando suspeitas

O empresário Fernando Gontijo, que arrematou no último momento, por R$ 2,2 milhões, o triplex do Guarujá cuja propriedade foi atribuída, sem provas, ao presidente Lula, foi condenado por improbidade no âmbito da Operação Confraria, deflagrada contra fraudes em licitações na Prefeitura de João Pessoa.

Gontijo e outros oito sentenciados – entre eles, o ex-governador do Estado e ex-prefeito de João Pessoa Cícero de Lucena Filho (PSDB), devem pagar multa de R$ 852 mil, por superfaturamento de obras públicas de infraestrutura bancadas com dinheiro de convênios entre a União e a Prefeitura.

Entre os projetos superfaturados, estão infraestruturas hídricas para comunidades ribeirinhas, dragagem e urbanização da Lagoa João Chagas e a dragagem do Rio Jaguaribe.

Na ação, Fernando é apontado como representante da Via Engenharia em uma licitação que teria sido fraudada. Ele recorre da decisão ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

A Via Engenharia tem uma história mais irônica: está citada na Lava Jato pelo delator Marcos Pereira Berti, diretor da Toyo Setal, como integrante de um grupo intermediário do chamado “Clube VIP” de construtoras que comandavam as fraudes em licitações da Petrobras.

Fonte: Brasil247

Tags
Veja mais
Close