Diário do Golpe

BOLSONARO VETA RECURSOS E PARLAMENTARES PETISTAS CRITICAM ATITUDE

O presidente Jair Bolsonaro vetou R$ 8,6 bilhões de recursos destinados ao combate à pandemia de Covid-19. O ex-ministro de Saúde e deputado federal, Alexandre Padilha (PT-SP), criticou a atitude: “Num dia ele assina a recomendação de medicamentos sem eficácia comprovada. No outro, ele veta e retira recursos para que estados e munícipios possam contratar médicos, máscaras de proteção aos trabalhadores, testes para sairmos do escuro da pandemia e mais leitos de UTI”, declarou.

Para o líder da minoria na Câmara, José Guimarães (PT-CE), o presidente já passou de todos os limites e é necessário o pedido de impeachment: “É inacreditável. Como um governo tem pouca ou nenhuma preocupação com a vida das pessoas. Quem encara 31 mil pessoas mortas como um fato natural, que ainda diz com ironia que ‘quem nasce tem que morrer’. Isso é crime. Nós não podemos aceitar isso com naturalidade, sem indignação”.

Enio Verri (PT-PR) falou sobre a dificuldade em ajudar os brasileiros sem o apoio do presidente, que sempre veta as melhorias e só pensa em beneficiar grandes empresas e não a vida da população: “Não é a primeira vez, e infelizmente, acho que não será a última, em que Bolsonaro privilegia o equilíbrio das contas em desrespeito à vida do povo brasileiro”.

Veja mais
Close