Galera Vermelha

Bolsonaro faz discurso e ameaça agir contra oposição como na Ditadura

Candidato fascista fez discurso de ódio garantindo que vai prender e expulsar do Brasil quem é oposição

O candidato Jair Bolsonaro deu mais uma prova para o país, neste domingo, 21 de outubro, que é destemperado, despreparado e está disposto a ir a forra contra seus adversários políticos.

Em tom ofensivo, o fascista fez uma live pelo seu perfil do Facebook, exibida diante as manifestações que ocorreram pelo Brasil em favor da sua candidatura com um discurso prepotente, desrespeitoso e beligerante contra quem não o apoia.

Em uma fala de cerca de 10 minutos Bolsonaro afirmou que vai fazer uma limpeza nunca vista na história do Brasil. “Petralhada vai tudo voceis pra ponta da Praia. Voceis petralhada, verão uma polícia civil e militar com retaguarda jurídica pra fazer valer a lei no lombo de voceis. Vamos varrer do mapa esses bandidos vermelhos do Brasil. Essa turma se quiser ficar aqui, vai ter que se colocar sob a lei de todos nós. Ou então vão para fora, ou vão para a cadeia. Esses marginais vermelhos serão banidos da nossa pátria”, vociferou Bolsonaro que era aclamado por grupos de seguidores enlouquecidos.

Arrogante e destemperado Bolsonaro dirigiu palavras ofensivas ao presidente Lula, ao candidato Fernando Haddad e ao senador carioca Lindbergh Farias, ofendendo a honra de cada um deles, provocando, afirmando que todos logo estarão na cadeia juntos.

Mais uma vez Bolsonaro provou não ter condições de ser presidente do Brasil, pois não tem o mínimo respeito pela pessoas, além de estimular o clima de guerra entre as candidaturas e seus seguidores, em uma quadro polarizado. O Brasil precisa de um presidente que tenha diálogo com os diversos setores da sociedade e não alguém que fala e age com tom segregacionista.

Tags
Veja mais
Close