Galera Vermelha

Bolsonaro “esconde” detalhes de gastos em prestação de contas do 1º Turno

Segundo o site do TSE, recursos para comícios, viagens e algumas despesas não foram contabilizados no documento

Fugindo dos debates e omitindo dados na prestação de contas…Às vésperas do segundo turno, o candidato pelo PSL à presidência da república, Jair Bolsonaro, ainda não declarou detalhadamente ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) os gastos da campanha eleitoral do primeiro turno, realizado no dia 7 de outubro.

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, o pleiteante ao Palácio do Planalto omitiu gastos com comícios e viagens que realizou em pelo menos sete estados. No relatório, ele afirma ter pago apenas seis pessoas da campanha: coordenador financeiro, dois auxiliares, dois seguranças e a intérprete de libras.

A prestação de contas parcial de Bolsonaro atingiu a quantia de R$955 mil, sem atualizar as doações feitas a outros candidatos. Também não há informações sobre a aquisição de suprimentos para o funcionamento de dois comitês do PSL.

Tags
Veja mais
Close