Galera Vermelha

Beth Sahão: violência contra mulher cresce 250% em SP

Parlamentar aponta falta de ação do PSDB e PSB no governo como causas do problema

A deputada estadual Beth Sahão, líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) ressaltou que os casos de violência contra as mulheres cresceu 250% no estado de São Paulo. A falta de ações preventivas, a impunidade e a ausência de políticas públicas por parte do governo do Estado comandado pelo PSDB e PSB, de Geraldo Alckmin e Márcio França são alguns do motivos que levaram a esta situação.

O quadro atual fez com que as entidades de movimentos de defesa das mulheres, junto com a deputada entregassem ao Ministério Público Estadual dados e cobranças de ações que mudem esta situação.

No documento constam dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública que mostram em dez anos o Estado de São Paulo viveu uma elevação extraordinária de casos de violência contra as mulheres.

Em 2007 ocorreram 3.223 casos de estupro em todo o Estado, numa média de 268 ao mês, já em 2017 as notificações chegaram a 11.089 ocorrências, ou 924 casos por mês, com aumento 250% violência sexual. O interior do Estado registra o maior número de casos em relação à capital. O interior do estado ocupa disparadamente a primeira posição com uma média de mais de 60% dos estupros ao mês, contra média de menos de 10% casos na capital além das ocorrências da Região Metropolitana de São Paulo.

Tags
Veja mais
Close